Quando a tática ganha à estratégia

(De regresso à regularidade no Canhoto, depois da pausa de agosto.)

1. Num dos últimos postes da primeira vida do Canhoto, “Prioridades”, comparava a importância relativa das infraestruturas rodoviárias e ferroviárias nos diferentes países da União Europeia. A conclusão era simples: Portugal era dos países europeus com melhor rede de autoestradas e pior rede ferroviária. Este foi o resultado das prioridades de investimento em infraestruturas de transportes na primeira vaga dos fundos europeus.

2. A ferrovia é mais sustentável em termos ambientais e mais igualitarista do que o automóvel privado. Porém, não foi por oposição a estes critérios que, em Portugal, a rodovia predominou largamente sobre a ferrovia nas últimas décadas do século XX. Foi, simplesmente, porque, tendo o investimento na ferrovia tempos mais longos de concretização e de retorno, nunca foi prioritário em termos táticos. E continuará a não ser: no plano da tática, a ferrovia é mau investimento.

3. Porém, no plano estratégico, a ferrovia é prioritária. Nomeadamente porque o seu desenvolvimento contribui positivamente para o combate às alterações climáticas e para a redução das desigualdades. Objetivos que integram, hoje, dois dos quatro eixos estratégicos do programa eleitoral com que o Partido Socialista ganhou as últimas eleições legislativas. Programaticamente, o PS privilegiou a estratégia nessas eleições.

4. Com a pandemia da covid-19, aqueles dois objetivos, sustentabilidade ambiental e redução das desigualdades, ganharam ainda maior relevância. Em alguns dos grandes países europeus assistiu-se, por isso, nos últimos meses, a uma revalorização da ferrovia e dos serviços ferroviários, incluindo de alguns entretanto quase abandonados (como o dos comboios da noite).

5. Na recuperação do país da devastação causada direta e indiretamente pela pandemia vai ser necessário equilibrar muito bem a urgência com o futuro. Ou, dito de outro modo, a tática com a estratégia. Se esse equilíbrio for conseguido, a ferrovia não voltará a ser vítima da tática, pois será salva pela estratégia.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s